A polícia norte-americana deteve um homem suspeito de ter esfaqueado duas mulheres de ascendência asiática, na terça-feira, em São Francisco, na costa oeste dos Estados Unidos.

Testemunhas disseram ao canal de televisão KPIX-TV que uma mulher parecia ser idosa e a outra na casa dos 30 anos.

O suspeito, com uma faca, aproximou-se de uma paragem de autocarro e esfaqueou as duas mulheres, desaparecendo em seguida, acrescentou.

As autoridades nada adiantaram sobre o estado das duas vítimas, entretanto hospitalizadas.

Um homem de São Francisco, de 54 anos, foi preso sob suspeita de ter cometido o ataque, disse a polícia, sem indicar se as mulheres eram especificamente visadas ou se o ataque poderia ser um crime de ódio.

Pessoas de ascendência asiática têm sido alvo de vários ataques não provocados na área da baía de São Francisco nos últimos meses.

Na semana passada, procuradores acusaram de agressão e crime de ódio um homem que alegadamente proferiu insultos racistas antes de agredir o presidente da Câmara de Comércio de Oakland Chinatown, Carl Chan.

Em março, em ataques separados, também em São Francisco, um vietnamita de 83 anos foi agredido, partindo o pescoço na queda e uma mulher de 77 anos foi igualmente atacada. O agressor foi detido pela polícia.

Em fevereiro, outro homem de 83 anos foi também atacado, partiu uma anca e passou semanas no hospital e em reabilitação.

/ LF