Um pai norte-americano de 39 anos publicou um anúncio na Craigslist [plataforma 'online' que disponibiliza anúncios gratuitos] em 26 de março, à procura de alguém para dividir um quarto de motel durante alguns dias enquanto esperava para se mudar para uma nova casa. O indivíduo referiu, no anúncio, que tinha uma filha de 2 anos.

O homem recebeu mensagens de um desconhecido que perguntou: "Será que alguma vez ficarei sozinho com a sua filha?". Quando lhe foi dito que não, o autor das mensagens respondeu que iria para outro local. O pai acabou por contactar a polícia.

Depois de lerem os textos, os agentes fizeram-se passar pelo pai e responderam ao autor das mensagens, dizendo-lhe que podia estar sozinho com a criança se pagasse duas noites do quarto do motel. O autor era Alexander, um professor primário de 27 anos.

O pai e o Alexander acabaram por concordar em encontrar-se no motel na quinta-feira, ficando combinado que o homem traria 200 dólares.

Os detetives disseram que detiveram o homem quando este chegou à porta com um preservativo escondido no sapato. E que este admitiu ter enviado os textos, dizendo que tinha um vício sexual, mas negou ter alguma vez molestado uma criança.

Alexander também colocou anúncios na Internet para tomar conta de bebés e crianças, como 'babysitter', de acordo com investigadores da polícia.

O homem está agora detido sob fiança de um milhão de dólares (846,6 mil euros) na prisão do condado de Palm Beach.

O professor primário, que lecionava em Palm Beach Gardens, foi despedido, informou o agrupamento escolar em comunicado. O despedimento ocorreu horas depois de ser conhecido na segunda-feira um relatório relativo à detenção.

. / MJC