Seis pessoas foram mortas num tiroteio em Rock Hill, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

O principal suspeito do crime é Phillip Adams, de 32 anos, que na quinta-feira forçou a entrada na casa do médico Robert Lesslie. O médico de 70 anos, a sua mulher, Barbara Lesslie, de 69, e dois netos, de 5 e 9 anos, foram encontrados mortos. O homem atirou ainda sobre dois técnicos de ar condicionado que se encontravam do lado de fora da casa, matando um deles e ferindo gravemente outro.

Adams foi encontrado morto, na casa onde morava com os pais, provavelmente depois de ter dado um tiro em si próprio. O homem tinha consigo duas armas.

As autoridades não sabem ainda o que se passou mas acreditam que Philip Adams, ex-jogador de futebol americano, foi o único responsável pelo crime. O xerife do condado de York, Kevin Tolson, disse em conferência de imprensa que por enquanto não há indícios de que Adams tivesse qualquer tipo de relação com Lesslie ou com a sua família.

Maria João Caetano