O maior incêndio da história da Califórnia, batizado de "Camp Fire", causou pelo menos 87 mortos e 475 desaparecidos, informaram no sábado as autoridades norte-americanas após a descoberta de mais quatro corpos.

Os bombeiros da Califórnia já têm 98% do fogo controlado, uma operação para a qual contribuiu as chuva dos últimos dias.

O incêndio que deflagrou a 8 de novembro no condado de Butte queimou mais de 60 mil hectares e destruiu por completo a cidade de Paradise, de 27 mil habitantes.

Outro incêndio no sul da Califónia, o “Woolsey Fire”, destruiu cerca de 1.600 casas e outros edifícios e deixou ainda três pessoas mortas, anunciaram na quinta-feira as autoridades.