tiroteio numa clínica


“Sou culpado, não há necessidade de julgamento, sou um guerreiro pelos bebés. Protejam os bebés!”, gritou Dear diante do juiz, segundo vários meios de comunicação locais.