Turistas e residentes estão a ser retirados de casa, de barco, na ilha grega de Eubeia, avança a agência Reuters. Os incêndios continuam a não dar descanso aos bombeiros e o salvamento das pessoas, em algumas situações, só pode ser feito por mar. Esta quarta-feira, foi divulgado nas redes sociais um vídeo que mostra bem a força das chamas em Eubeia.

A força do vento tem tornado quase imprevisível o caminho que as chamas vão seguir, mas nada escapa quando elas chegam. A ilha de Eubeia não é a única nesta situação e a Proteção Civil grega assume que a “situação é difícil” nesta zona. Residentes e turistas receberam ordem para sair na terça-feira da vila de Rovies, em Eubeia. Quem não o fez, sai, agora, por mar.

Ainda segundo a Reuters, este incêndio já provocou ferimentos ligeiros em três bombeiros.

Tassos Baltas, um voluntário que está a ajudar as autoridades a retirar os residentes e turistas, garantiu à Reuters, que “estão a chover cinzas em Halkida”, a capital da ilha, a 100 quilómetros de distância do incêndio.

Pelo terceiro dia consecutivo, as temperaturas continuam acima de 40 graus e as condições meteorológicas extremas não estão a ajudar o combate às chamas. Há 30 anos que a Grécia não vivia uma onda de calor desta dimensão.
 

Redação / PP