«Saleh» refere ainda que o líder, conhecido por Jihadi John, lhe disse o que deveria ser dito aos reféns. 
 

«Diz-lhes que não há problema, é só um vídeo, não os vamos matar, queremos que os vossos governos parem de atacar a Síria. Não temos qualquer problema convosco. Vocês são apenas nossos visitantes», sugere Jihadi John.

jornalista japonês Kenji Goto, morto no final de janeiro«Quando diziam Abu Saad a Goto, ele relaxava»





identificado como Mohammed Emwazi, um britânico de 26 anos