Um caça F-35 da Força Aérea japonesa despenhou-se, na terça-feira, no oceano Pacífico, quando sobrevoava a costa leste de Aomori, e o piloto desapareceu, anunciou hoje o Ministério da Defesa do Japão.

Meia hora depois de descolar, o caça desapareceu do radar da Força Aérea, que está já a investigar as causas do acidente.

O ministro da Defesa japonês, Takeshi Iwaya, disse que, no mesmo dia, outros três caças F-35 encontravam-se em exercícios, acrescentando que estes aparelhos já regressaram à base.

Na terça-feira foram encontrados destroços do avião no Oceano Pacífico, disse.