Três pessoas foram baleadas durante um baby shower (chá do bebé), no sábado à noite, após uma discussão familiar sobre os presentes. O caso aconteceu dentro do quartel dos Bombeiros Voluntários de Kinloch em Lower Burrell, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. 

O incidente terá começado com uma discussão familiar sobre os presentes e escalou para agressões físicas. O desentendimento acabou num tiroteio.

Este não foi um evento de atirador ativo, mas sim um incidente familiar isolado durante um baby shower ", explicou o chefe de polícia de Lower Burrell, John Marhefka, citado pela estação televisiva CNN.

O suspeito disparou "uma arma semi-automática de nove milímetros” sobre a multidão de cerca de 25 amigos e familiares.

As três vítimas, um homem de 23 anos, uma mulher de 19 anos e um rapaz de 16 anos, foram transportadas para o hospital com vários ferimentos.

O atirador seria o futuro pai do bebé, Isiah Hampton, de 25 anos, aponta o jornal The New York Post.

A polícia deteve o homem sem incidentes.

Redação / IC