O ministro lusodescendente e vice-primeiro-ministro do Luxemburgo, Félix Braz, hospitalizado desde agosto na sequência de um ataque cardíaco, vai ser substituído no executivo, anunciou o seu partido em comunicado.

O déi gréng (Os Verdes) faz parte do Governo e tem responsabilidades perante o país [...]. Para continuar a assumir estas responsabilidades e a gerir os diversos dossiês pendentes, precisamos de uma equipa governamental empenhada e completa", adianta-se no comunicado assinado pelos presidentes do comité executivo Christian Kmiotek e Djuna Bernard.

Por essa razão, prossegue, "embora com tristeza", o comité executivo do partido decidiu, "em conjunto com o grupo parlamentar e por unanimidade", dar início ao processo de remodelação governamental.

O partido anunciou, neste contexto, a marcação de um congresso extraordinário para 03 de outubro, altura em que será apresentada a proposta do nome que irá substituir o ministro lusodescendente.

Félix Braz, 53 anos, foi vítima de um ataque cardíaco em 22 de agosto, tendo sido hospitalizado na Bélgica, onde se encontrava a passar férias.

Mais de um mês depois, o déi gréng adianta que o estado de saúde do ministro da Justiça e Habitação e vice-primeiro-ministro do Luxemburgo estabilizou, mas que Félix Braz "vai ter de dedicar toda a sua energia à recuperação".

É um rude golpe para o nosso partido. [...] Continuaremos a apoiar Félix Braz e a sua família o melhor que pudermos, contudo, dado o seu estado de saúde, Félix Braz não poderá retomar a sua atividade governativa num futuro próximo", adianta.

As pastas da Justiça e da Habitação tinham já sido transferidas para a ministra Sam Tanson.

De acordo com a imprensa local, Sam Tanson deverá manter a pasta da Justiça, enquanto o atual ministro da Mobilidade e Obras Públicas, François Bausch poderá assumir o cargo de vice-primeiro-ministro.

Cidadão português, com origens em Castro Marim, no Algarve, Félix Braz nasceu em Differdange e tornou-se no primeiro lusodescendente a ocupar vários cargos políticos no Luxemburgo.