Pelo menos três pessoas morreram e seis estão desaparecidas na sequência de uma avalanche de lama num campo de refugiados no nordeste da Tailândia, anunciaram hoje as autoridades.

Uma criança de dois anos e uma mulher de 50 estão entre as vítimas mortais, disse à agência Efe um representante regional do Departamento de Prevenção e Combate a Desastres.

Entre os desaparecidos estão vários menores e pelo menos 12 pessoas ficaram feridas, indicou a mesma fonte.

Militares e voluntários estão a colaborar com as equipas de resgate, com o apoio de maquinaria pesada, nas margens do rio Yuam, perto da fronteira com Myanmar (antiga Birmânia).

Um deslizamento de terra e rochas, causado pelas fortes chuvas que atingiram a região nos últimos meses, atingiu no domingo um campo de cerca de 10 mil pessoas, a maioria membros do grupo étnico Karen, da vizinha Birmânia.