As autoridades policiais e eleitorais da Florida identificaram um esquema que visava registar dezenas de pessoas mortas para votar no condado de Broward, na Florida.

Segundo o escritório eleitoral local, a motivação deste esquema ainda é desconhecida.

De acordo com a CNN Brasil, o condado teve cerca de 50 solicitações desse tipo de registo de voto, todas elas enviadas em envelopes com carimbos da Columbia, na Carolina do Sul.

As autoridades vieram depois a descobrir que a maioria das pessoas que constavam dos pedidos - inscritas como democratas - tinham registo de óbito. Por causa disso, nenhum desses votos foi contabilizado, disse Steven Vancore, porta-voz das eleições naquele condado.

Note-se que o estado exige um documento de identificação válido para votar, logo, o esquema "só completava metade da equação necessária", adiantou Vancore.

Além disso, o estado exige um documento de identificação válido para votar de fato, logo o esquema “só completou metade da equação” necessária, segundo Vancore.

Alguém se deu ao trabalho de explorar o sistema e foi apanhado”, contou.

 

Não sabemos se essa pessoa fez isso por pura maldade ou se estava a tentar alterar os resultados das eleições.”

Lara Ferin