Os protestos do 1.ª de Maio em Paris, França, que trazem para as ruas sindicatos e o movimento dos coletes amarelos, estão a ser marcados por momentos de grande tensão e confrontos entre manifestantes e a carga policial.

De acordo com o último balanço da Câmara de Paris, já foram detidas 380 pessoas. Há registo de carros incendiados, material urbano destruído e tentativa de invasão em esquadras da polícia. 

Há manifestações marcadas em várias cidades, mas é na capital francesa que estão concentrados os maiores esforços, com mais de 7.000 polícias nas ruas.

O governo francês decretou medidas especiais de segurança.

Todas as lojas foram aconselhadas a fechar e a proteger montras e fachadas, sobretudo na zona de Montparnasse.

Diversas estações do metropolitano e linhas de autocarro foram encerradas.