Três pessoas morreram e uma ficou ferida no oeste de França, depois de um homem abrir fogo durante uma reunião de negócios, informou a polícia local à CNN.

A polícia ainda está a investigar as motivações do crime, mas diz que há uma ligação profissional entre o atirador – que também está ferido – e a empresa em Saint-Varent, onde ocorreu o incidente.

“Um funcionário invadiu os escritórios administrativos da empresa e entrou numa sala onde estava a decorrer uma reunião de negócios”, disse o porta-voz da polícia.

Depois de disparar contra os colegas, o homem acabou por “virar a arma a si mesmo. Ele agora está ferido e foi transportado para o hospital, onde corre perigo de vida”, adiantou.

Cerca de trinta polícias foram destacados para o local e agora decorre a investigação.

“Tudo o que sabemos é que aconteceu no local de trabalho e que existe um vínculo profissional entre o atirador e a empresa. O homem estava de licença e, aparentemente, foi declarado incapaz de regressar ao trabalho. Essa é uma pista interessante, mas permanecemos abertos a todas as situações”, referem as autoridades.

Lara Ferin