Mais de 120 pessoas foram detidas no primeiro aniversário dos coletes amarelos em França, que se assinalou este sábado.

O dia de aniversário do movimento foi marcado por novos protestos e por confrontos na ruas entre manifestantes e agentes da polícia.

Várias estradas foram cortadas e 20 estações de metro foram encerradas.

O movimento tinha prometido 200 ações para este fim de semana. É difícil saber quantas foram levadas a cabo este sábado, mas no balanço do dia fica a intervenção musculada da polícia de choque, que recorreu ao gás lacrimogéneo para desimpedir vias e dispersar manifestantes

Um ponto de maior tensão foi sentido na Praça de Itália, em Paris, obrigando à intervenção das autoridades.

Estamos aqui, mesmo que o Macron não queira", ouviu-se junto à porta de Champerret.

 

A polícia acabou por utilizar gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes. De resto, as autoridades já se tinham mostrado bem preparadas para nova onda de eventuais confrontos.

Faz este domingo um ano que as ruas de Paris foram invadidas pelo movimento dos coletes amarelos. Foram dias de violentos confrontos entre manifestantes e polícia, e tudo começou devido à subida do preço dos combustíveis.

Os confrontos resultaram na detenção de dezenas de pessoas e se alguém se tinha esquecido dos coletes amarelo eles voltaram e com a garantia de isto não fica por aqui.

/ AG / SS - atualizada às 20:04