Durante a visita do presidente francês, François Hollande, à Rússia, Vladimir Putin afirmou que é impossível discutir uma solução para a situação na Síria «sem uma garrafa de bom vinho ou sem uma garrafa de vodca».

Segundo a AFP, as declarações foram feitas esta quinta-feira, durante a conferência de imprensa dos dois responsáveis no Kremlin, em Moscovo.

Putin afirmou que a discussão é intensa e que «devemos ouvir as opiniões de nossos colegas sobre determinados aspetos deste problema complicado». Quando Putin brincou sobre o assunto, Hollande respondeu que devem discutir a crise da Síria «com uma garrafa de Porto».

As posições dos dois representantes são diferentes, quanto à situação na Síria: o presidente francês exige a saída do presidente Assad, enquanto a Rússia espera que sejam os sírios a decidir o destino do país.

Apesar do Conselho de Segurança da ONU ter condenado o regime de Assad, a Rússia continua a fornecer armas ao regime na Síria e bloqueou, com a China, os projetos de resolução da ONU.
Redação / LP