As forças de segurança de Macau, Hong Kong e da província chinesa de Guandong detiveram 123 pessoas, numa operação de combate à criminalidade organizada transfronteiriça que mobilizou 2.363 agentes policiais, anunciou hoje a PSP de Macau.

No âmbito da "Operação Trovoada", que decorreu entre 18 e 29 de maio, foram interrogadas 7.602 pessoas, tendo 377 sido conduzidas à polícia "para efeito de averiguações de identidade", pode ler-se no comunicado da Polícia de Segurança Pública (PSP), divulgado hoje. Destas, "123 foram encaminhadas ao Ministério Público, por suspeita de prática de crimes, envolvendo um total de 97 casos", incluindo "ofensa à integridade física, burla, tráfico de droga e furto, entre outros", de acordo com a nota. 

A polícia apreendeu ainda vários tipos de droga, incluindo cocaína, "ice" e "happy powder", num total de um quilograma, além de garrafas de óleos essenciais e doces que poderão conter marijuana ou substâncias psicotrópicas.

Na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), participaram na operação os Serviços de Alfândega, o Corpo de Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Polícia Judiciária, sob a coordenação dos Serviços de Polícia Unitários (SPU), tendo efetuado 215 ações de fiscalização.

/ BC