As autoridades alemãs estão à procura de um homem que desarmou quatro polícias, roubou-lhes as armas e fugiu para a Floresta Negra, região montanhosa no sudoeste da Alemanha.

O alerta foi dado pelas 9.30 de domingo, depois de um local ter denunciado um "homem suspeito a utilizar equipamento de combate".

Quando os quatro agentes da polícia alemã chegaram ao local, acompanhados por duas viaturas, o homem cooperou, inicialmente, até ter tirado uma arma "de forma repentina e inesperada".

Ele ameaçou os polícias e até conseguiu desarmá-los, antes de fugir para a floresta", disse um porta-voz da polícia, citado pelo The Guardian.

As quatro armas de fogo, que a polícia diz "presumivelmente" ainda estarem na posse do homem, podem conter até 64 balas, informou o jornal Bild, esta segunda-feira.

O fugitivo vestiu equipamento de combate e está armado com um arco e flecha e uma faca.

As buscas levaram ao encerramento de escolas e creches da vila de Oppenau, na zona sudoeste da Alemanha, e os residentes aconselhados a ficar em casa.

Depois mais de 100 agentes da polícia terem passado o domingo à procura do homem na floresta, com a ajuda de três helicópteros e uma unidade cinotécnica, a polícia divulgou, na segunda-feira, a identidade do fugitivo.

Yves Rausch, de 31 anos, vive sem morada fixa, numa zona de floresta próxima do apartamento de onde foi despejado, em Oppach. Já tinha cumprido pena de prisão por ter disparado uma flecha contra a ex-namorada.

Rafaela Laja