Georgina deJesus, outra das vítimas raptadas pelos irmãos Castro em Cleveland, também já regressou a casa. Gina surgiu coberta por uma toalha amarela na cabeça e acenou às muitas pessoas que estavam à porta de casa à sua espera.

A segunda vítima deste caso a regressar a casa foi raptada em 2004 quando tinha 14 anos e a última vez que foi vista foi quando regressava a casa depois de ter saído da escola. Na altura a mãe não a deixou dormir a casa de uma amiga e as duas crianças separaram-se a alguns quarteirões da casa de Gina.

Agora, o regresso depois de terminado o pesadelo para esta mulher que há 10 anos estava desaparecida e dada mesmo como morta por muitos. A família pede privacidade para sararem as feridas.

«Não há palavras suficientes para expressar a alegria que sentimos no regresso a casa da nossa familiar Gina. E também Amanda Berry, a filha e Michelle Knight, que também são nossa família. Pedimos a vossa compreensão e que tenham paciência connosco, e que nos dêem tempo e privacidade para sararmos as feridas. Quando estivermos prontos, prometo-vos que falaremos convosco », disse Sandra Ruiz, sua tia, aos jornalistas.
Redação / FC