Quem visitar esta quinta-feira a cordilheira dos Alpes do Sul, na Nova Zelândia, vai encontrar a neve e os glaciares com uma cor diferente da habitual.

No início da semana, muitas zonas da Ilha do Sul da Nova Zelândia acordaram com um nevoeiro cor de laranja a ofuscar o sol, causado pela poeira dos incêndios na Austrália

E na terça-feira foram publicadas fotografias no Twitter que mostram a neve neozelandesa com uma cor “caramelizada”, a fazer lembrar uma paisagem de dunas de areia.

Parece areia", disse uma utilizadora do Twitter.

As autoridades acreditam que os efeitos da poeira no ecossistema podem provocar um aumento de 30% do degelo em 2020.

É provável que o impacto da cinza nos glaciares acelere o degelo. É prova de que a tragédia num país se espalha por muitos outros”, disse a ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, Helen Clark.

Há mais de três mil glaciares na Nova Zelândia e, desde os anos 70, os cientistas têm registado uma diminuição em tamanho de, pelo menos, um terço. 

Alguns especialistas preveem que os glaciares desapareçam por completo no final do século XXI.