Grant Imahara, apresentador do programa do Discovery Channel, “Caçadores de Mitos”, e ator na série da Netflix, “White Rabbit Project”, morreu aos 49 anos.

A notícia está a ser avançada pelo Discovery Channel, que opta por não revelar as causas da morte. Contudo, a revista The Hollywood Reporter publicou que Grant Imahara terá morrido devido a um aneurisma.

Imahara era reconhecido pelos conhecimentos avançados em engenharia, robótica, eletrónica e efeitos especiais. O apresentador foi ainda o criador de Geoff Peterson, o robot ajudante do programa “The Late Late Show”, e responsável pela criação de modelos de efeitos especiais utilizados em vários filmes de Hollywood, incluindo nas prequelas de “Star Wars”.

Estamos de coração partido por ouvir a triste notícia sobre o Grant. Era uma parte importante da nossa família Discovery e um homem maravilhoso. Os nossos pensamentos e orações estão com ele e com a sua família”, pode ler-se na conta de Twitter do Discovery Channel.

Adam Savage, antigo colega de Grant Imahara nos “Caçadores de Mitos”, lembra uma pessoa generosa, gentil e um engenheiro brilhante.

Estou perdido. Sem palavras. Ao longo dos últimos 22 anos, fiz parte de duas grandes famílias ao lado do Grant Imahara. Grant era um engenheiro genuinamente brilhante, artista e intérprete, mas ainda muito generoso, simples e uma pessoa gentil. Trabalhar com o Grant foi uma tremenda diversão. Vou ter saudades, meu amigo”, desabafou Adam Savage.

Tory Belleci e Kari Byron, que juntamente com Grant Imahara formavam um trio de co-apresentadores dos "Caçadores de Mitos", não deixaram a morte do amigo passar indiferente. Tory apresenta-se preplexo com a notícia.

Simplesmente, não consigo acreditar. Nem sei o que dizer. O meu coração está partido. Adeus parceiro”, despediu-se Tory Belleci.

Já Kari Byron gostava de poder reviver o passado.

Há dias em que queria ter uma máquina do tempo”, reagiu Kari Byron.

Nuno Mandeiro