As mensagens de whatsapp de um menino de quatro anos salvaram a vida da mãe, que tinha sofrido um AVC. A vítima de 38 anos, grávida de sete meses, foi transportada para o Hospital de Valência, em Espanha. Ainda não está fora de perigo, mas está viva.

A mulher, natural das Filipinas, estava em casa e teve um derrame cerebral, ficando inconsciente e sem ser capaz de pedir ajuda. A criança recorreu então à rede social whatsapp para enviar vários clipes de voz aos familiares. Ao receber uma chamada da avó, o menino respondeu por várias vezes que “a mãe está a dormir”.

O comportamento do menor fez soar os alertas. Chamados ao local, a polícia e os bombeiros tiveram de entrar pela janela, já que a criança foi incapaz de abrir a porta. A vítima foi encontrada caída no chão, inanimada, e foi levada de urgência para o hospital.

A mulher está em estado muito grave. Por estar grávida de sete meses, vai ser sujeita a uma cesariana, para tentar salvar a vida do bebé.

Vários estudos concluem que este tipo de acidentes vasculares cerebrais está a tornar-se relativamente frequente em casos de gravidez tardia.

João Faria