A covid-19 foi responsável este ano no México por pelo menos 40% dos óbitos entre as mulheres grávidas, indicou no domingo o Ministério da Saúde mexicano.

Nos primeiros quatro meses do ano já morreram 305 mexicanas durante a gravidez, representando um aumento de 72% em relação ao mesmo período do ano passado.

Destas, 133 foram atribuídas à covid-19. Desde o início da pandemia, o México registou 218.985 mortos.

Nas últimas 24 horas foram identificadas 1.175 infeções, elevando o número de casos confirmados para 2.365.792.

O México é o quarto país do mundo com mais mortes devido à covid-19, depois dos Estados Unidos e do Brasil, e o 15.º em número de casos, de acordo com a contagem independente da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

A pandemia provocou pelo menos 3.284.783 mortos no mundo, resultantes de mais de 157,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

. / NM