Cerca de 50 migrantes, dos quais 24 crianças, foram resgatados esta quarta-feira de um bote à deriva ao largo da ilha grega de Lesbos, revelou a Polícia Marítima portuguesa.

A embarcação foi detetada à deriva e sem motor, transportando 24 crianças, 12 mulheres e 15 homens, e terá sido "abandonada pelo facilitador que os transportava rumo à ilha de Lesbos, na Grécia".

Os 51 migrantes foram transportados para o porto de Tsonia e entregues às autoridades gregas.

Desde que iniciou a sua participação na missão Poseidon, em 2014, a Polícia Marítima já salvou 5.498 vidas.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação Poseidon, no âmbito da agência europeia Frontex e em apoio à Guarda Costeira grega.