Melissa Huckaby, professora de uma escola dominical na Califórnia, foi presa pela polícia e acusada de ter assassinado uma menina de oito anos. A polícia revelou que Huckaby tinha em sua posse a mala onde estava o corpo de Sandra Cantu, noticia a CNN.

A presumível autora do crime informou à imprensa local que tinha reportado o desaparecimento da mala no dia anterior ao aparecimento do corpo, mas as autoridades desconfiam de que o seu depoimento não corresponde à verdade.

Huckaby é neta de Clifford Lane Lawless, pastor da igreja Baptista de Clover Road, onde ensinava textos bíblicos a crianças na escola dominical. A suspeita vivia com a sua filha e com os avós no mesmo parque de auto-caravanas onde a vítima habitava.

Segundo os registo do tribunal, a mulher de 28 anos já tinha antecedentes criminais.