Sergio Berben e a namorada, Andrea Camps, com apenas 18 anos, deslocaram-se a uma casa abandonada no sul de Miami, onde o rapaz tinha combinado encontrar-se com dois homens a quem iria vender três pares de ténis, desenhados pelo rapper Kanye West, no valor de 850 euros.

Tudo aconteceu no dia 7 de abril, terça-feira da semana passada. Assim que os jovens chegaram ao local combinado, um dos suspeitos, George Walton, de 19 anos, aproximou-se do casal e pediu para experimentar os sapatos que alegadamente ia comprar. O outro suspeito, Adrian Cosby, de 19 anos também, levantou-se e, do nada, disparou uma arma de fogo. A rapariga foi atingida no tronco, o namorado no braço.

O relato, feito pela polícia de Miami, conta que Sergio Berben, o namorado, apressou-se a procurar ajuda médica. Os bombeiros transportaram os dois para o hospital, porém Andrea Camps acabou por morrer, consequência dos ferimentos que apresentava no abdómen e na pélvis. 

Entretanto, a polícia identificou os suspeitos através das redes sociais do casal de vítimas, que tinham sido usadas para combinar o encontro. Ambos os suspeitos confessaram o crime, depois da detenção.

Um dos homicidas disse à polícia que só queria roubar os ténis, depois de os experimentar. Quanto ao autor dos disparos, as autoridades não revelam o que terá dito no depoimento onde confessou o crime.

Os dois homens estão acusados de homicídio qualificado, tentativa de homicídio e tentativa de furto qualificado. Correm o risco de serem condenados a prisão perpétua. 

A escola que Andrea frequentava, onde estava prestes a terminar o ensino secundário, homenageou a jovem nas redes sociais.

Emanuel Monteiro