Uma jovem foi assassinada enquanto jogava Pokémon Go no Novo México, nos Estados Unidos.

Cayla Campos, de 21 anos, estava com o namorado perto do parque Bianchetti a jogar dentro do seu carro quando testemunhou um assalto.

Segundo a polícia, Cayla viu duas pessoas a assaltar um indivíduo num carro. Quando a rapariga de 21 anos tentou fugir, os assaltantes dispararam contra o seu veículo. Um dos disparos atingiu Cayla e a vítima perdeu o controle do carro, despistando-se contra uma casa desocupada.

A vítima ainda foi transportada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Até ao momento, não foi feita nenhuma detenção e a polícia está a pedir ajuda aos habitantes para tentar encontrar os possíveis suspeitos.

Numa publicação de facebook, o pai de Cayla disse que a filha era “uma pessoa muito especial” que foi “assassinada a sangue frio”.

A prima de Cayla afirmou que não compreendia como é que uma situação destas pudesse acontecer: “estou tão triste e zangada. O meu coração está partido, e isso é dizer pouco. Era suposto irmos em tantas mais aventuras”.

A aplicação Pokémon Go é uma atualização do jogo lançado nos anos 90. Nesta versão feita especialmente para dispositivos móveis, os jogadores têm de se deslocar para caçar as criaturas com superpoderes, o que permite explorarem vários sítios, que por vezes são desconhecidos.