A Cidade do México aprovou, esta segunda-feira, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adopção de crianças por casais homossexuais, noticia a BBC.

À aprovação dos deputados da Assembleia Legislativa segue-se o «sim» do presidente da Câmara, Marcelo Ebrard, do partido de esquerda PRD.

Esta é a primeira vez que o casamento homossexual é autorizado na América Latina.

A medida foi aprovada por 39 votos, com 20 contra e cinco abstenções.

Os deputados conservadores já ameaçaram ir até às últimas consequências para travarem esta lei, inclusive irão ao Supremo Tribunal declará-la inconstitucional.
Redação / CP