Um tiroteio na noite desta quinta-feira, num centro comercial no Alabama, nos Estados Unidos, fez um morto e dois feridos. O incidente ocorreu precisamente no início da Black Friday, gerando o pânico entre os clientes.

O tiroteio aconteceu por volta das 21h30, na Galeria Riverchase, na cidade de Hoover, situada a aproximadamente 15 quilómetros de Birmingham, a maior cidade do estado norte-americano do Alabama, Estados Unidos.

De acordo com o jornal britânico The Independent, a vítima mortal é o atirador que foi abatido pelas autoridades. Os dois feridos foram transportados para o hospital: são um jovem de 18 anos, que está em estado grave, e uma rapariga de 12 anos, que teve de ser submetida a uma pequena cirurgia, mas encontra-se estável.

As autoridades de Hoover afirmaram que não se sabe ao certo o que esteve na origem do desacato, mas há relatos de uma discussão entre o atirador e o jovem de 18 anos.

O comandante da polícia local, Gregg Rector, referiu que o atirador se colocou em fuga quando foi confrontado pelas autoridades. Nesse momento, um dos polícias atingiu mortalmente o homem.

A polícia conseguiu apanhar o indivíduo, disparou e ele está morto no local”, afirmou Gregg Rector, num comunicado.

Pânico em noite de euforia

O caso gerou o pânico entre os clientes do centro comercial que estavam a aproveitar as promoções da Black Friday e que procuraram proteção em algumas lojas.

 Esta é a primeira vez que venho à Black Friday. Sabia que ia ser uma loucura, mas nunca pensei que chegasse a este ponto", afirmou uma testemunha, citada pelo canal norte-americano Fox News.

A mesma testemunha afirmou que ouviu seis tiros e rapidamente procurou abrigo em lojas para se proteger, juntamente com outros clientes do centro comercial.

A direção da Galeria Riverchase afirmou num comunicado que o centro comercial se encontra fechado até novo aviso.

Estamos devastados pelo incidente que aconteceu esta noite no nosso centro comercial. Estamos a trabalhar juntamente com o Departamento da Polícia de Hoover e estamos agradecidos pelo trabalho que realizaram. Embora já não haja nenhum perigo para a comunidade, o centro comercial estará fechado até novo aviso.”