O número de pessoas hospitalizadas com covid-19 em França continuou hoje a descer, ficando abaixo das 8.000, algo que não acontecia desde 10 de outubro.

Segundo os dados divulgados pelo governo francês, há atualmente 7.912 pessoas hospitalizadas, menos 132 do que na sexta-feira, e 1.102 doentes em cuidados intensivos, menos 21 do que no dia anterior.

Nas últimas 24 horas, registaram-se 17 mortos, comparando com os 24 óbitos ocorridos no período homólogo anterior, o que elevou para 111.181 as mortes associadas à doença em França desde março de 2020.

No que diz respeito às infeções, há indicações de que a tendência de descida das últimas semanas possa estar a inverter-se, com as autoridades a comunicarem hoje 3.006 novos casos de covid-19, acima dos 2.683 de sexta-feira e dos 2.664 de quinta-feira.

Com a partida para férias de verão, o ministro francês da Saúde, Olivier Véran, alertou para a ameaça representada pela propagação da variante Delta do vírus, que já é responsável por cerca de um terço das novas infeções no país.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.964.799 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 182,5 milhões de infeções, segundo o balanço mais recente feito pela agência francesa AFP.

/ CE