Um popular casal que documentava, num canal do Youtube, a sua vida com uma criança autista adotada na China está a enfrentar uma onde de reações negativas, depois de revelar que o menino está a cargo de outra família.

 

 

Myka Stauffer e o seu marido James, que vivem em Ohio, fizeram vários vídeos sobre a adoção do pequeno Huxley, bem como dos seus desafios.

Enquanto alguns entenderam a decisão, os críticos acusaram o casal de explorar Huyxley para construir a sua carreira no Youtube, nota a BBC.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mr. Right what does that even mean? When I was in my college years I feared I would never find so-called Mr. Right, I was far too picky and I was close to ending my senior year. These are the things I would have told my younger self: you have plenty of time don’t rush a good thing like your college years, don’t date someone you already know in your heart is not the right fit for you, and lastly be open-minded you never know where you will find your one and only. 💕🤍 And when you meet the right one it takes tons of communication, give and take, and learning before you might even be on the same page. Love is one of the most beautiful things 💕🌼 but just like a tropical flower, it takes lots of care to keep it from wilting. 🌱🌺 #mrright #relationships #giveandtake #couple #couples #love #therightone #couplelove #truelove #loveyou #loveislove #lovelife Photocred: @initialfocus

Uma publicação partilhada por Myka Stauffer (@mykastauffer) a

 

A notícia de que o pequeno Huxley estava a morar permanentemente com outra família foi revelada na terça-feira, depois de os seguidores perceberem que ele não era visto nos vídeos há algum tempo.

O casal referiu que problemas comportamentais, que não foram especificados, tornaram a vida muito difícil para a família, que inclui quatro outras crianças.

 

 

Foram vários os comentários negativos dirigidos à família nas redes sociais.

Por exemplo, a jornalista Sophie Ross criticou no Twitter que, assim que a família “descobriu que ele tinha necessidades especiais, deu-o secretamente”.

 

 

“As crianças adotadas não são um cão que vocês adotaram e que se desfazem quando querem”, disse outro utilizador.

A conta do casal no Youtube, The Stauffer Life, foi entretanto suspenso.

 

Lara Ferin