Foi com uma folha que Helena deu à família a mensagem que eles tanto aguardavam: “Venci a covid-19”. Com 100 anos e depois de ter passado 17 dias internada num hospital, da região de Botucatu, no Brasil, a mulher vai agora voltar para casa onde vai completar a recuperação.

Os sintomas de Helena começaram em março, quando apareceram os primeiros sinais de febre e tosse. Preocupados, os familiares de Helena trouxeram-na para casa, mas os sintomas teimavam em não passar.

Nesses dias anteriores à internação, ela já estava na casa dos meus pais sendo tratada por eles, e recebendo atendimento da Central Coronavírus de Botucatu. Os profissionais iam quase que diariamente ver o estado dela”, conta Estela, neta de Helena, à G1.

O receio aumentou quando os médicos repararam que os pulmões da idosa estavam a ser atingidos com alguma gravidade pela doença. Chegaram mesmo a pensar em entubá-la, mas o frágil estado em que se encontrava, levou a equipa médica a temer o pior, optando por não levar a cabo o procedimento.