O comediante Idris Sultan está detido, depois de ter partilhado uma fotografia em que fazia face-swap com o presidente da Tanzânia, John Magufuli. Esta tecnologia permite trocar de cara entre duas figuras, mas a brincadeira não terá agradado ao chefe de estado do país africano.

A denúncia do caso foi feita pelo advogado de Idris Sultan, que afirma que o seu cliente está detido sob a lei do cibercrime, o que impede alguém de utilizar o computador para se fazer passar por outra pessoa.

Caso venha a ser acusado, e posteriormente condenado, o humorista pode enfrentar uma pena até sete anos de prisão.

Segundo um familiar de Idris Sultan disse à BBC, o homem foi chamado à esquadra da polícia esta quarta-feira.

Trocámos de papéis por um dia para que ele possa disfrutar do seu aniversário em paz", afirmou Idris Sultan, no Twitter.