A tempestade tropical Laura causou neste domingo pelo menos 12 mortos e um rasto de destruição na Ilha de São Domingos, território partilhado pela República Dominicana e Haiti.

Na primeira avaliação do impacto, o Centro de Operações de Emergência da República Dominicana informou que pelo menos três pessoas morreram devido às chuvas torrenciais, que obrigaram à retirada de mil pessoas e causaram estragos em mais de duas centenas de casas.

Mais de um milhão de residências e empresas estão sem energia elétrica nas regiões sul e leste do país, onde, além disso, muitos setores não dispõem de água potável porque diversos aquedutos deixaram de funcionar devido à tempestade.

No Haiti, pelo menos nove pessoas morreram em resultado das fortes chuvas e deslizamentos de terra.

Uma das vítimas morreu quando uma árvore caiu sobre uma casa no centro de Anse-à-Pitres, uma cidade na fronteira com a República Dominicana.

As outras mortes ocorreram na capital haitiana, Porto Príncipe, e nas regiões oeste e sudeste.

Muitas estradas estão completamente bloqueadas ao tráfego e várias cidades foram inundadas, assim como vários bairros de Porto Príncipe.

/ AM