Um curto vídeo na rede social TikTok indicou novas pistas no caso do desaparecimento de Sofia Juarez, raptada um dia depois do seu quinto aniversário, em 2003, no estado norte-americano de Washington.

O aviso chegou dos utilizadores da rede que contactaram a polícia depois de verem um vídeo com uma jovem no México que, segundo eles, tinha a idade aproximada e a aparência possivelmente envelhecida de Juarez.

 

@akayalla

¿Será de aká o será de allá? 😳#culturageneral #preguntas #culiacan #sinaloa #viral

♬ sonido original - Aká y Allá

 

 

No vídeo gravado em Culican, Sinaloa, em março, uma da personalidade do TikTok entrevistou a mulher em espanhol. Quando questionada sobre a sua idade, ela disse que tem 22 anos e passou a dizer que odeia aniversários. A mulher então disse ainda que gostaria de falar com a família, porque algumas pessoas disseram que ela foi sequestrada e ela não sabe de onde é.

Estamos cientes do vídeo do TikTok", disse a polícia de Washington em comunicado. "Uma investigação está a ser conduzida nesse efeito. Obrigado a todos aqueles que enviaram informações sobre esse vídeo para nós. Agradecemos", disse a polícia na página criada para receber novas pistas públicas na investigação.

O site inclui fotos de progressão de idade que mostram como Juarez pode ser hoje.

Juarez teria 23 anos, e os utilizadores do TikTok dizem que a mulher no vídeo é semelhante à jovem desaparecida.

Redação / HCL