o naufrágio deste sábado no Mediterrâneo









anunciou que os chefes de Estado e de Governo da União Europeia vão realizar um Conselho Europeu extraordinário na próxima quinta-feira, em Bruxelas



terão morrido cerca de 1600 pessoas, em quatro incidentes separados.