Vários milhares de pessoas desfilaram este sábado em Paris para protestar contra as políticas comunitárias de imigração, que acusam de ser «demasiado restritivas», correspondendo ao apelo de centenas de organizações não-governamentais.

A marcha resultou de um apelo de 300 ONG, maioritariamente africanas, que organizaram sexta-feira e hoje uma «cimeira do cidadão», para protestar contra «a visão europeia demasiado restritiva» da imigração.

Os manifestantes percorreram várias ruas do centro de Paris e deverão concentrar-se esta noite para assistirem a um concerto musical na Praça da República. À cabeça da marcha, os manifestantes colocaram um grande pano em que se podia ler «Pontes sim, Muros não»,

A «cimeira do cidadão» foi organizada como contraponto à cimeira europeia de Bruxelas, que adoptou quinta-feira um pacto sobre a imigração e o asilo, elaborado pela França, país que preside actualmente à União Europeia.

O objectivo da iniciativa das ONG foi denunciar a concepção de uma «Europa Fortaleza».
Redação / - LM