O incêndio mais mortífero da história da Califórnia, designado de “Camp Fire”, que devastou o norte deste estado durante mais de duas semanas, está controlado a “100%”, anunciaram este domingo os bombeiros norte-americanos.

Pelo menos 87 pessoas morreram no incêndio, que queimou uma área de cerca de 620 quilómetros quadrados de mato e madeira e destruiu por completo a cidade de Paradise, com 27 mil habitantes, segundo o último balanço das autoridades divulgado no sábado à noite.

O Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia disse hoje que o “Camp Fire” tinha sido cercado por bombeiros, após vários dias de chuva.

As equipas continuam a vasculhar as cinzas lamacentas em Paradise e arredores, procurando mais corpos.

Desaparecidas continuam 249 pessoas e perto de 19.000 construções, habitações na sua maioria, foram destruídas.

A Califórnia, vítima de seca crónica há vários anos, registou vários grandes incêndios no último ano.