Mais de 100 cães foram envenenados e enterrados vivos na Índia. Os animais só foram encontrados após terem sido ouvidos latidos vindos da vala comum.

A polícia da cidade de Ranganathapura, onde foram encontrados os 150 cães numa vala de cerca de 5 metros, lançaram uma investigação para apurar as causas do incidente.

A comunicação social local relata que os moradores ficaram aterrorizados ao ouvir alguns dos cães a ladrar antes de alertarem membros do Clube de Resgate de Animais. Ativistas visitaram o local na terça-feira e, com a ajuda de veterinários e polícias, retiraram os cadáveres dos cães.

Laxmi Prasad, do grupo de resgate de animais, disse que uma equipa de especialistas está a conduzir uma inspeção e deve apresentar um relatório à polícia nos próximos dias.

A polícia acredita ainda que os cães foram envenenados antes de serem enterrados - muitos ainda vivos. A polícia abriu um processo contra funcionários de um instituto estatal responsável pela supervisão de animais vadios.

O incidente ocorre apenas algumas semanas depois de 38 macacos terem sido mortos e abandonados na vila indiana de Hassan.

Redação / HCL