“As mulheres ainda sofrem crimes e discriminação por parte dos homens na nossa sociedade e ainda temos preconceitos do género no nosso sistema, mas a sentença deve enviar uma mensagem forte às pessoas”, disse a magistrada.