Quatro pessoas morreram e outras sete ficaram feridas em ataques independentes cometidos por alegados rebeldes separatistas na província de Aceh, no norte da ilha de Sumatra, na Indonésia.

Segundo informou hoje a polícia, o primeiro ataque perpetrado no sábado por um grupo de indivíduos armados com metralhadoras matou três trabalhadores da companhia estatal de telefones ¿ PT TelKom ¿ na cidade de Biruen, enquanto procediam à instalação de um cabo de fibra óptica.

Outros sete operários foram atingidos pelos disparos e encaminhados para o hospital na sequência de ferimentos graves, segundo indicou o chefe da esquadra da província, Yuri Karsono, em declarações citadas pela agência oficial Antara.
Redação