Espanha anunciou, neste domingo, que o número de vítimas mortais por Covid-19 subiu para 1.720, mais 394 óbitos que no dia anterior.

Também o número de infetados subiu consideravelmente para 28.572, mais 3.646 doentes relativamente ao último balanço.

O governo espanhol decidiu, por isso, prolongar o estado de emergência por mais 15 dias.

A decisão foi comunicada por Pedro Sánchez aos líderes regionais em videoconferência, realizada neste domingo, e deverá ser aprovada pelo congresso.

O pior ainda está para vir e levará ao limite as nossas capacidades", disse o primeiro-ministro espanhol, no sábado, numa declaração ao pa

O governo adquiriu, entretanto, 640.000 testes rápidos para a Covid-19.

O estado de emergência em Espanha foi declarado a 14 de março, no passado 

O país vizinho é um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19 e o segundo na Europa com mais mortes, a seguir à Itália.

Madrid é a região mais afetada, com mais de mil mortes.

 
/ CM