A polícia de Manchester anunciou este domingo a detenção de um adepto do Manchester City que terá feito um gesto racista dirigido a Fred, jogador do Manchester City, no dérbi deste sábado.

 

No final do encontro, as autoridades tinham aberto um inquérito por causa de um vídeo, que circulava nas redes sociais, em que se podia ver um homem a fazer gestos racistas, e pediam ajuda para identificar a pessoa em causa.

Agora, a polícia anunciou então a «detenção do homem de 41 anos por suspeita de «alteração da ordem pública agressão racial agravada», que fica à guarda das autoridades para interrogatório.

O superintendente Chris Hill agradeceu o apoio do público e afirmou: «O racismo, de qualquer tipo, não tem lugar no futebol ou na nossa sociedade e espero que esta detenção mostre que levamos este assunto de forma extremamente séria.»

O responsável adiantou que a políca vai continuar a trabalhar com os dois clubes por causa deste incidente e vai «investigar outras linha de inquérito.»

Entrentanto, a Federação Inglesa já anunciou que abriu um inquérito ao incidente e o Manchester City também afirmou publicamente estar a colaborar com as autoridades e, reiterando o combate a qualquer tipo de discriminação, promete banir os adeptos que forem identificados.