O Chelsea joga na próxima quarta-feira a partida mais importante da época, em Baku, diante do Arsenal, num jogo que pode valer a conquista da Liga Europa.

Contudo, nos últimos dias, todas as atenções parecem estar centradas… no futuro de Maurizio Sarri no comando técnico dos blues, numa altura em que o nome do técnico italiano tem sido apontado com alguma insistência a grandes clubes italianos.

Ora, e nesta quarta-feira, o técnico falou aos jornalistas, antes de a equipa viajar para a capital do Azerbaijão e, claro, as perguntas sobre o futuro no clube dominaram a conferência.

«O meu futuro é quarta-feira. Neste momento, penso apenas na final», começou por referir, antes de assumir que vai reunir depois com os responsáveis do clube para saber se eles estão satisfeitos com o trabalho realizado esta época.

«Eu tenho mais dois anos de contrato e não tenho contrato com mais nenhum clube neste momento. No final da época vou falar com o clube porque quero saber se eles estão satisfeitos comigo ou não», disse, garantindo estar agradado com o campeonato inglês.

«Eu gosto muito da Premier League. Atualmente, é a melhor liga do mundo e é muito entusiasmante estar cá, mas neste momento o meu foco está apenas na final da Liga Europa», garantiu.

Ora, e nessa partida, o treinador não vai poder contar com Loftus-Cheek e anunciou que o jogador inglês, que se lesionou num particular nos EUA, estará fora de competição entre quatro e seis meses.