Dois mísseis foram lançados contra o Boeing 737 da Ukraine International Airlines abatido em 8 de janeiro pelas forças armadas iranianas, indicou um relatório de investigação preliminar da Organização de Aviação Civil Iraniana (CAO).

"Os investigadores [...] acederam a informações e descobriram que dois mísseis M1-TOR [...] foram disparados contra o avião", apontou relatório.

Após três dias de desmentidos, as forças armadas iranianas reconheceram a 11 de janeiro ter abatido “por erro” o Boeing 737 da Ukraine International Airlines alguns minutos depois de ter levantado voo de Teerão.

Todos os 176 ocupantes do avião, na maioria iranianos e canadianos, morreram.

No domingo, os corpos das 11 vítimas ucranianas do acidente, entre as quais os nove membros da tripulação, foram repatriados para Kiev.

/ AM