A vencedora irlandesa do EuroMilhões, Margaret Loughrey, ofereceu a cada familiar um milhão de libras e tinha acabado de construir a sua casa de sonho quando foi encontrada morta na quinta-feira.

A mulher ofereceu ainda cerca de 5 mil euros a cada vizinho no seu concelho.

A mulher de 56 anos comprou o bilhete que lhe deu uma fortuna de cerca de 25 milhões de euros há oito anos, enquanto caminhava de volta para a sua casa em Strabane, na Irlanda do Norte. 

No entanto, “Maggie Milhões” - como foi apelidada - já tinha afirmado numerosas vezes à imprensa britânica que o dinheiro a “destruiu”.

Paul Gallagher, um vizinho e vereador local, disse ao jornal Belfast Telegraph que a mulher tinha acabado de reformar uma casa abandonada apelidada de "o celeiro" - a sua casa de sonho. 

"Ela morava numa casa ao lado e o celeiro estava acabado, eu acho. É uma pena que ela não tenha desfrutado do seu novo lar."

Margaret já tinha começado a investir  num império imobiliário após a sua vitória, que incluía uma casa de mais de cem mil euros, um bar e um antigo moinho transformado em centro de lazer.

Em 2019, ela afirmou que tinha apenas 5 milhões de euros e disse que ganhar o jackpot "destruiu" a sua vida.

A polícia disse que não está a tratar a sua morte como "suspeita", mas uma autópsia será realizada para determinar a causa do óbito.

Redação / HCL