Isabel dos Santos é a mulher mais rica de África e filha do anterior presidente angolano. Diz-se habituada ao escrutínio, mas garante que nunca recorreu ao dinheiro do Estado nos seus negócios.

A empresária angolana garante que não foi para a Sonangol para resolver problemas financeiros e que mesmo depois de ser exonerada ainda paga o preço.

No balanço de dois anos de uma presidência sem o seu pai, Isabel dos Santos fala de um clima de instabilidade e das lições que Angola pode aprender com Portugal.