"Assistimos a muitas baixas do Estado Islâmico desde o início da campanha, mais de dez mil", disse o vice-secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, em declarações à rádio France Inter.
















"Metade da cidade está sob o nosso controlo no norte e no noroeste e, com toda a certeza, quando eles chegarem às fronteiras da nossa área vão receber uma dura resposta", disse à Reuters Redur Xelil, porta-voz das Unidades de Proteção Popular, que constituem o braço armado dos curdos na Síria.

Hugo Beleza