Uma mega operação de buscas a alegadas células islamitas ocorreu esta sexta-feira, em Berlim, segundo a agência France Press. Cerca de 200 polícias estiveram envolvidos na operação que resultou na detenção do presumível líder de um grupo extremista que preparava um ataque na Síria.

Trata-se de um homem de 41 anos, de origem turca, suspeito de «liderar um grupo de extremistas islâmicos constituído por cidadãos da Turquia e da Rússia», segundo informou fonte da polícia.

Apesar da detenção, as autoridades não terão a indicação de que o grupo preparava um ataque na Alemanha. 
Redação / SS