Um adolescente de 16 anos foi, esta sexta-feira, resgatado com vida dos escombros de um prédio que ruiu em Istambul, dois dias depois do colapso, que provocou 14 mortos, anunciou Suleyman Soylu, ministro do Interior da Turquia. O balanço anterior apontava para 11 mortos.

O jovem foi imediatamente hospitalizado, disse Suleyman aos jornalistas no local, sem, no entanto, avançar informações sobre o estado de saúde do adolescente.

As equipas de emergência turcas encontraram, entretanto, mais três corpos nos escombros, elevando para 14 o número de mortos. O ministro do Interior referiu ainda que as equipas de resgate estão a avançar com os esforços para conseguir alcançar outras pessoas presas nos escombros, sem avançar com o número de pessoas que permanecem desaparecidas.

O salvamento desta sexta-feira eleva igualmente para 14 o número de pessoas resgatadas com vida dos escombros.

O ministro turco do Interior prometeu punir qualquer pessoa que seja considerada responsável pelo colapso no final de uma investigação.

O edifício, de oito andares, no bairro residencial de Kartal, desmoronou-se na quarta-feira, estando em curso uma investigação para apurar as causas do acidente.

Familiares e amigos aguardam junto aos escombros para saber notícias sobre potenciais vítimas, enquanto as equipas de busca e salvamento procuram mais sobreviventes.

As autoridades não revelaram quantas pessoas estão desaparecidas, mas o prédio, com 14 apartamentos, tinha 43 residentes registados.